31.1.17












O CANTOR QUE SE JOGOU DA JANELA - Mike Brant foi um dos cantores franceses mais populares do seu tempo. No início da década de 1970 suas canções românticas e seu estilo de galã francês conquistaram o mundo. Sua música "Qui será" foi sucesso no mundo inteiro. (No Brasil, além da canção original, fez sucesso uma versão em português gravada por Altemar Dutra). Além da sua música, Mike Brant também fazia sucesso por sua beleza. Vivia sendo assediado pelas fãs, Mas, por trás do sucesso e da fama, existia uma alma atormentada. Teve uma infância traumática, já que nasceu em 1947, dois anos depois do final da Segunda Guerra. Seus pais eram judeus e sofreram nos campos de concentração. O pequeno Mike só conseguiu falar quando tinha cinco anos. Começou a cantar quando adolescente, até que foi descoberto pela cantora francesa Sylvie Vartan. Gravou seu primeiro disco em 1969 e, a partir daí construiu uma carreira de sucesso e popularidade. Parecia ser uma pessoa feliz, mas em novembro de 1974 ele se atirou da janela do quinto andar de um hotel de luxo em Genebra. Foi levado para um hospital, sofreu diversas fraturas, mas acabou se recuperando. Chegou a gravar um novo disco. No dia em que o disco foi lançado, seis meses depois da primeira tentativa, ele se jogou da janela do seu próprio apartamento em Paris. Tinha apenas 28 anos. 

Sua vida daria um filme.





17.1.17
















CALL ME BY YOUR NAME - Um dos filmes mais aguardados do Sundance Film Festival, que começa na próxima quinta-feira, dia 19 de janeiro, é a adaptação para o cinema do celebrado romance de André Aciman "Call me by your name". É uma bela e comovente história de amor entre dois rapazes. A trama é a seguinte: Elio Perlman é um garoto ítalo-americano de 17 anos, que vive na Itália, numa fantástica vila do século XVII, acompanhado de seu pai, um eminente professor de cultura greco-romana. Um dia aparece em sua casa Oliver, um sujeito bonitão, de 42 anos, que veio fazer um estágio com o pai de Elio, para desenvolver sua tese de doutorado. Em meio ao cenário paradisíaco do norte da Itália, os dois vivem uma intensa história de amor. O livro de Andre Aciman, que deu origem ao filme, causou boa impressão entre os leitores e recebeu boas críticas por ocasião do seu lançamento, em 2007. O filme tem recebido críticas positivas e já foi citado pela revista Variety como uma das apostas para 2017.

O produtor do filme é o brasileiro Rodrigo Teixeira, da RT Features, em parceria com o roteirista James Ivory, o diretor Luca Guadagnino, e também Emille Georges e Peter Spears. Vale lembrar que James Ivory é o famoso diretor de filmes como "Os vestígios do dia", "Maurice" e "Retorno a Howards End". O diretor Luca Guadagnino dirigiu "A piscina",  com Tilda Swinton e um documentário sobre Bernardo Bertolucci, entre outras produções. O site do Sundance Festival diz que "Call me by your name" tem luminosas interpretações dos atores Armie Hammer (o marido bonitão de Amy Adams no filme "Animais Noturnos", de Tom Ford), Michael Stuhlbarg (o agente Halpern do filme "A chegada") e Thimotée Chalamet.

O Sundance Film Festival vai acontecer de 19 a 29 de janeiro e terá a atriz Sonia Braga como jurada, ao lado de Gael Garcia Bernal, Peter Dinklage, Patton Oswalt, David Lovery, Larry Wilmore e Nicole Perlman.