18.12.16



A FEMINISTA MÁ - Uma das mulheres mais inteligentes do planeta, Madonna fez um discurso arrasador ao receber o prêmio de "Mulher do Ano", da revista Billboard. Com sua postura de mulher independente, guerreira e trabalhadora, a cantora se colocou à margem do discurso feminista politicamente correto e exibiu o seu próprio jeito feminista de ser. 







4.12.16







































TODO APOIO À OPERAÇÃO LAVA-JATO - Fora Renan! Fora Rodrigo Maia. Lula na cadeia! Fora políticos corruptos! Chega de corrupção! Essas foram as principais "palavras de ordem" ouvidas na manifestação em apoio à operação Lava-Jato que aconteceu neste domingo, 4 de dezembro, em Copacabana. Uma multidão lotou a Avenida Atlântica interessada em protestar contra os casos de corrupção e contra as manobras da classe política para se proteger de investigações e julgamentos. 

Renan Calheiros foi o nome mais citado e mais hostilizado. Não só ele, individualmente, mas também como representante do Congresso Nacional. A multidão se mostrou muito irritada com Renan Calheiros e a casa que ele comanda. Durante a passeata, num carro de som, representantes do Ministério Público, da Polícia Federal, da Receita Federal e outros fizeram pequenos discursos se colocando de forma solidária ao lado do principal motivo da manifestação: o combate à corrupção.

Rodrigo Maia também foi muito hostilizado pelo povo. "Tua hora vai chegar", gritavam os cariocas cheios de ressentimento. Afinal, todos conhecem a origem da carreira política do arrivista. Sabem que ele foi eleito com seu pai, então prefeito do Rio, manipulando a máquina da prefeitura para eleger o filho. Uma eleição que teve apoio maciço de milicianos que controlam determinadas áreas da cidade. "É melhor ter milicianos do que traficantes", disse César Maia, para justificar sua aliança com os foras da lei.

Sergio Moro só recebeu aplausos e manifestações de apoio e carinho. A população reconhece o seu trabalho em favor da ética e da justiça. Sempre que o nome do juiz era citado, aplausos e manifestações de carinho vinham em seguida. Cartazes com elogios e  mensagens de carinho também foram vistas entre os manifestantes e nas fachadas dos edifícios.  O juiz Sergio Moro, com seu trabalho a favor da ética e da justiça, conquistou o coração de muitos brasileiros;




VALE A PENA VER DE NOVO - A reportagem do Fantástico sobre o roubo nos condomínios continua causando sensação. Um tema sempre atual, que merece ser visto e revisto. E no seu prédio, como é que funciona? É preciso ficar de olho, já que muitos síndicos se inspiram nos políticos corruptos que infestam a vida pública brasileira para repetir o mesmo comportamento nos condomínios que administram. Portanto, olho vivo!


25.11.16



Sergio Moro fala à Nação Brasileira!


NOTA PUBLICA A RESPEITO DE PROJETO DE ANISTIA DE CRIMES ELEITORAIS, DE CORRUPÇÃO E DE LAVAGEM DE DINHEIRO 


Diante de notícias não oficiais de que a Câmara dos Deputados pretende deliberar em breve acerca de projeto de anistia de crimes de doações eleitorais não-registradas (caixa 2 eleitoral) e eventualmente de condutas a elas associadas, este julgador, encarregado em primeira instância dos processos atinentes à assim denominada Operação Lava Jato, sente-se obrigado a vir a público manifestar-se a respeito, considerando o possível impacto nos processos já julgados ou em curso. Toda anistia é questionável, pois estimula o desprezo à lei e gera desconfiança. Então, deve ser prévia e amplamente discutida com a população e deve ser objeto de intensa deliberação parlamentar. Preocupa, em especial, a possibilidade de que, a pretexto de anistiar doações eleitorais não registradas, sejam igualmente beneficiadas condutas de corrupção e de lavagem de dinheiro praticadas na forma de doações eleitorais, registradas ou não. Anistiar condutas de corrupção e de lavagem impactaria não só as investigações e os processos já julgados no âmbito da Operação Lavajato, mas a integridade e a credibilidade, interna e externa, do Estado de Direito e da democracia brasileira, com conseqüências imprevisíveis para o futuro do país. Tem-se a esperança de que nossos representantes eleitos, zelosos de suas elevadas responsabilidades, não aprovarão medida dessa natureza. 

 Curitiba, 24 de novembro de 2016.

 Sergio Fernando Moro  - Juiz Federal
 

A lei do homem sábio é ajudar o próximo com retidão sem ganhar nada em troca nem mesmo gratidão.






 
 

Chamamos de ética o conjunto de coisas que as pessoas fazem quando todos estão olhando. O conjunto de coisas que as pessoas fazem quando ninguém está olhando chamamos de caráter.









É necessário cuidar da ética para não anestesiarmos a nossa consciência e começarmos a achar que tudo é normal.












Pode-se fazer política com ética e respeito ao cidadão. Para tal, basta ter decência e caráter!











Ética é o conjunto de valores e princípios que nós usamos para decidir as três grandes questões da vida: Quero?, Devo?, Posso? Tem coisa que eu quero mas não devo. Tem coisa que eu devo mas não posso. E tem coisa que eu posso mas não quero.

23.11.16



O NATAL DE SCORSESE - "O Silêncio", novo filme de Martin Scorsese conta uma história de fé, tendo como referência o cristianismo. Nada mais natural que seja a principal aposta de Hollywood para o próximo Natal. Narra a trajetória de dois missionários cristãos, interpretados por Andrew Garfield e Adam Driver, que enfrentam o teste definitivo de sua fé quando viajam ao Japão em busca de seu mentor desaparecido, personagem de Liam Neeson. Tudo isso acontece em pleno século 17, numa época em que o cristianismo era proibido e sua presença hostilizada no Japão, onde, ainda hoje, menos de um por cento da população é católica.. 

É uma adaptação do romance "O silêncio", publicado em 1966 pelo escritor japonês Shuzaku Endo, conhecido, exatamente, por contar histórias típicas da sociedade japonesa, mas sempre sob uma perspectiva católica. Autor de quinze livros, Endo é católico, religião que adotou por influência da sua mãe, que se converteu ao catolicismo quando ele era ainda criança. Foi aclamado como um dos mais importantes escritores do século 20 pelo inglês Graham Greene.

Merry Christmas, Mr Scorsese 









21.11.16





A VOLTA DE NAZARÉ - Renata Sorrah é o destaque do mais novo clipe do cantor Johnny Hooker. A atriz interpreta uma mulher que acorda de ressaca, bem no clima da letra da música. Alguns fãs acham que a personagem é a própria Nazaré. Outros acreditam que a atriz está fazendo a também inesquecível Heleninha. Qual das duas é a misteriosa personagem do clipe? Assista e decida.

A canção é bela e instigante. E tem um dos versos mais provocantes da MPB. Num dado momento a letra da música proclama: "você ainda pensa em mim, quando você fode com ele". Aliás, o repertório de Johnny Hooker é muito rico musicalmente. Ele tem ótimas músicas, que conseguem reunir boas letras com uma melodia original e criativa.

17.11.16



A ORIGEM DO MUNDO - Um dos quadros mais famosos do mundo. Foi em 1866 que o pintor realista francês Gustave Caubert pintou esse quadro que retrata uma mulher nua, com a periquita cabeluda em primeiro plano. Inspirado por sua própria criação artística, ele a batizou com o sugestivo nome de "A origem do mundo". O quadro é uma relíquia artística e está exposto do Museu d´Orsay, em Paris. Durante muitos anos o quadro esteve escondido na casa de campo do psicanalista Jacques Lacan. Sua imagem, tão singela e pura, era considerada forte demais para ser exposta num museu. Isso só foi acontecer em 1995, quando o governo francês aceitou o quadro como doação dos herdeiros da família Lacan. Hoje a obra de arte tem um valor incalculável.  E sua beleza mágica está disponível não só numa galeria especial do Museu d´Orsay, como também em dezenas de reproduções publicadas em sites e blogs da internet. Mas, mesmo com seu reconhecido valor artístico, o quadro ainda sofre represálias. Recentemente o Facebook censurou um usuário que ousou reproduzir o quadro em sua página.

O que é belo é para ser visto e admirado! 

11.11.16











AGENTE X-9 - A loja Gibi Show, dedicada a gibis e fanzines, está fazendo um evento todo dedicado aos gibis da série Agente X-9, Tem exemplares das revistas originais, publicadas nos Estados Unidos, assim como exemplares das revistas lançadas no Brasil, onde também fez muito sucesso. O Agente Secreto X-9 foi criado pelo escritor americano Dashiel Hammet, (autor do clássico O Falcão Maltês), em parceria com o desenhista Alex Raymond, criador do Flash Gordon. Uma dupla de peso que criou um clássico da literatura em quadrinho. O misterioso Agente X-9 é uma mistura de agente secreto com detetive particular, que resolvia casos policiais sem que ninguém conseguisse descobrir sua identidade. Os gibis fizeram tanto sucesso logo no lançamento que, em 1945 foi transformado em seriado de TV, com o mesmo sucesso.

No Brasil os gibis da série fizeram tanto sucesso que a alcunha de X-9 passou a ter um significado especial na  linguagem popular. Para o povão X-9 significa dedo-duro, fofoqueiro, delator, linguarudo. informante da polícia, pilantra. Na verdade um significado que não tem nada a ver com a postura heroica do protagonista do gibi.
  

7.11.16



BETHÂNIA BEM DE PERTO - Dirigido por Julio Bressane e Lauro Escorel Bethânia bem de perto é um documentário sobre a chegada da cantora ao Rio de Janeiro e os bastidores do seu primeiro show na cidade. São imagens raras e inusitadas da artista muito jovem, quase uma menina, mas já cheia de estilo e personalidade. A ponto de, mesmo sendo pouco conhecida na época, já ter motivado os jovens cineastas a produzir um filme sobre ela. Como sempre, a artista está magnífica. E belíssima. Mais do que um filme sobre a cantora, é um filme sobre a vida brasileira na segunda metade dos anos 60. Vale a pena assistir. É um lançamento da gravadora Biscoito Fino.


2.11.16











CINEMA É A MAIOR DIVERSÃO - Uma joia rara do cinema brasileiro. Um filme que merece ser visto e revisto. "O menino e o vento", do diretor Carlos Hugo Christensen, produzido em 1967, continua moderno, atual, controverso e à frente do se tempo. Poucas vezes o cinema brasileiro encontrou tanta harmonia entre roteiro, direção, produção e atuação como nesse filme. A foptografia em preto e branco é uma atração à parte. Tem o mesmo clima de suspense e angústia misturado com lirismo e poesia do filme Os inocentes, de Jack Clayton. Que bom que ambos os filmes estão disponíveis no You Tube. 



27.10.16
















JONAS E A BALEIA - O cinema brasileiro está em grande fase, com uma boa safra de bons filmes.  Agora está em cartaz (em apenas um cinema, o que é uma pena) o filme Jonas, da cineasta Lô Politi. O filme tem muitos atrativos: a ideia original, a direção eficiente e um roteiro criativo. Além de um elenco de bons profissionais, que são uma atração à parte. O protagonista Jesuíta Barbosa, astro-sensação do atual cinema brasileiro, divide a cena com outro excelente nome da nova safra, Ariclenes Barroso, o James Dean do nordeste. O elenco também conta com Chay Suede, Laura Neiva e uma participação especialíssima do cantor Criolo, que manda muito bem como um mafioso do subúrbio. É um filme atraente, bem conduzido e que vale a ida ao cinema. Conta uma história de amor, paixão, traições e ciúme que tem como espinha dorsal a lenda do profeta Jonas, aquele que foi engolido por uma baleia. A trama do filme se passa no mundo do carnaval e o Jonas protagonista, depois de se envolver num crime, se esconde dentro do carro alegórico que representa uma baleia no desfile de uma escola de samba.

O filme é massa, como dizem os baianos. Assisti, gostei e recomendo.

22.10.16










Apenas em águas tranquilas as coisas se refletem sem distorção. Apenas em uma mente tranquila está a percepção adequada do mundo.

16.10.16


Um close de Ben Affleck no filme "O Contador", campeão de bilheteria nos EUA.

BEN, O ESQUISITÃO - Ninguém deve pode perder "O Contador", filme de suspense que estreia na próxima quinta-feira. É diversão em grande estilo. Prende a atenção do início ao fim com uma trama inteligente e muito bem contada. É a história de um garoto autista que recebe um tratamento diferente para sua síndrome: um treinamento militar, com especialização em armas, artes marciais e matemática. 

Quando cresce ele se transforma em Ben Affleck que surpreende como um sujeito esquisitão, cheio de manias e cacoetes, que trabalha para grandes empresas fazendo auditorias em desfalques e desvios de dinheiro. Quando descobre as irregularidades financeiras, geralmente envolvendo muito milhões de dólares, ele faz questão de recuperar a grana. É quando o sujeito precisa utilizar seu treinamento militar. 

A coisa começa a complicar quando um de seus clientes entra na mira do tesouro americano e resolve se livrar tanto do contador autista como da funcionária ingênua que descobriu mais do que deveria. O roteirista Bill Dubuque criou uma história surpreendente, cheia de detalhes e reviravoltas. Quanto mais o espectador se concentrar no filme, mais vai saborear a história. Cada cena tem um elemento, uma fala, um gesto, que vai resultar numa consequência mais adiante. O diretor Gavin O´Connor sabe tirar proveito do material que tem e construiu um filme fascinante. 












Casey Affleck comove o público no melodrama "Manchester à beira mar".

Não será surpresa se, na próxima entrega do Oscar, dois irmãos disputem o prêmio de melhor ator. Será que isso já aconteceu antes? Se Ben Affleck dá um show como o autista aguerrido em "O contador", seu irmão Casey Affleck mostra que o talento é coisa de família. No filme "Manchester à beira mar" Casey tem uma performance intrigante e comovente. 


13.10.16


O homem de palavra fácil e personalidade agradável raras vezes é homem de bem.


5.10.16































PRÊMIO DO CINEMA BRASILEIRO


A festa de entrega dos melhores do cinema em 2016, evento promovido pela Academia do Cinema Brasileiro tem como referência a entrega do Oscar. Esse ano a festa consagrou os filmes "Chatô" e "Que horas ela volta?". Mas foi injusto ao não premiar filmes como "Casa Grande", "Sangue Azul" e "Órfãos do Eldorado". A bela arquitetura do Teatro Municipal deu um toque de classe à noite que teve o diretor Daniel Filho como o homenageado. A participação do diretor foi divertida e animou a premiação que estava bem morna. Daniel sabe tudo de show business e deu uma aula de senso de oportunidade e domínio de cena. O mesmo não se pode dizer dos mestres de cerimônia Chris Vianna e Fabrício Bolivera. Os atores não tinham domínio de cena, nem presença de palco, nem humor e erravam tudo o tempo inteiro. A presença deles como apresentadores foi o maior erro da premiação. Mas a projeção dos filmes indicados ficou muito bacana. Vale destacar a homenagem aos artistas que morreram recentemente: Marilia Pêra, Umberto Magnani, Betty Lago, Domingos Montagner Hector Babenco e Geneton Moraes Neto, entre outros.

O nosso Oscar é o Prêmio Grande Othelo. "Que horas ela volta?" e "Chatô" ganharam sete e cinco prêmios, respectivamente.  "Casa Grande", um dos melhores filmes brasileiros dos últimos tempos, teve onze indicações e não ganhou nenhum prêmio. Mas foi citado por Daniel Filho em seu discurso que celebrou a recente produção cinematográfica nacional. Veja AQUI a lista de todos os filmes premiados.