26.7.15





As pessoas têm essa obsessão. Eles querem que você esteja como você estava em 1969.


HAPPY BIRTHDAY, MICK JAGGER - Sir Michael Phillip Jagger, o vocalista dos Rolling Stones, nasceu em 26 de julho de 1943, em Dartford, uma pequena cidade do Condado de Kent, no Reino Unido. Nesse domingo em que completa 72 anos, a cidade de Dartford está em festa. Foi lá que os adolescentes Michael, que todos chamavam de Mike, e Keith se conheceram e resolveram formar uma banda de rock. Estão juntos até hoje. Não é incrível? Na pequena Dartford foi um domingo de festa. A prefeitura da cidade, orgulhosa dos filhos famosos, resolveu batizar onze ruas da cidade com nomes de músicas dos Stones. Que tal? Assim, a cidade tem uma rua que se chama Satisfaction. Outra rua se chama Angie. Outra rua se chama Lady Jane. Outra tem o nome de Ruby Tuesday. E por aí vai...

Os Stones completaram 50 anos de carreira. Uma vida inteira dedicada ao rock´n roll. E para comemorar as Bodas de Ouro desse casamento tão bem sucedido, a banda vai fazer o que se espera de uma banda de rock: vai cair na estrada, fazendo shows para seus fãs. E em janeiro eles vão tocar no Brasil. Isso significa que o próximo verão vai ser arrasador. Os Stones fazem aniversário e quem ganha o presente somos nós. 

Já vi os Stones tocando no Maracanã, na Praça da Apoteose e na praia de Copacabana, em 2006. Foi incrível, mágico, sensacional. Uma multidão sem fim, curtindo a energia mágica do rock. 

Stones forever...









LIBERDADE DE FATO SE COMPRA? - Nesta segunda-feira, 27 de Julho, começa a "Semana Nacional de Mobilização contra o Tráfico de Pessoas". uma promoção do Comitê Social Coração Azul, com o apoio do Ministério da Justiça e da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos. O Comitê Coração Azul é uma associação que se dedica exclusivamente a promover o combate ao tráfico de pessoas no Brasil.  E para mobilizar a sociedade e autoridades sobre o problema, o comitê organizou uma série de eventos para toda a semana.

O Cristo Redentor e vários outros monumentos do Rio de Janeiro vão ser iluminados com a cor azul. Lugares como a igreja da Penha, a Catedral Metropolitana, o Palácio da Guanabara, o prédio da EMERJ e o trecho da Via Dutra que atravessa São João do Meriti, entre outros.

Dia 29 dejulho, no auditório da EMERJ vai acontecer uma série de palestras com o tema "Liberdade realmente se compra?", com a Dra. Adriana Mello e os professores Epitácio Paes e Marília Guimarães. Vale destacar a participação do antropólogo, professor da UFRJ Thadeus Gregory, que tem uma visão polêmica sobre a questão do tráfico de pessoas.

Dia 30 de Julho, dessa vez no auditório da Defensoria Pública da União, (rua da Alfândega, 70 - 4. andar) uma palestra com o tema "Combatendo o tráfico de Pessoas", com os advogados Thales Arcoverde Treiger, Vivian Santarem e Miguel Mesquita e a participação da professora Marília Guimarães.

E no dia 31 de Julho, às 14 horas, acontece uma palestra da filósofa Marcia Tiburi, no Palácio da Guanabara, com o tema "Educar para libertar - Gênero, raça e vulnerabilidade". 






18.7.15

















Cada dia pode ser um dia triunfal se você persistir em seus interesses.

FIBRA DE CAMPEÃO - Desde que decidiu se dedicar ao MMA, em 2011, o lutador Fernando dos Santos participou de 9 lutas. E venceu todas. A última luta foi contra o atleta Rubenilton Pereira, no XFCI 10 - Night of  Champions, em São Paulo. Fernando é um atleta dedicado. Um sujeito simples. Um rapaz tímido para quem o esporte é a sua maior forma de expressão. Começou sua vida esportiva no futebol. Sempre foi um jogador aguerrido e cheio de técnica. Chegou a atuar no futebol europeu, mas, numa disputa de bola, quebrou a perna o que o obrigou a desistir do futebol profissional. Daí resolveu partir pra luta onde vem conseguindo destaque num esporte que cada vez mais cresce no mundo. Mas, ninguém pense que ele desistiu do futebol. Fernando dos Santos é destaque absoluto no "Ronald de Carvalho", time de futebol de praia, onde joga ao lado de outro grande atleta do MMA, seu amigo José Aldo.



14.7.15



VERSOS ÍNTIMOS - O clássico poema de Augusto dos Anjos é cada vez mais necessário. Publicado originalmente em 1912, mantém intacto seu vigor formal e sua capacidade de nos deixar perplexos com seu conteúdo que traduz com perfeição os grandes conflitos da alma humana. 




Vês! Ninguém assistiu ao formidável 
Enterro de tua última quimera. 
Somente a Ingratidão - esta pantera - 
Foi tua companheira inseparável!

Acostuma-te à lama que te espera! 
O Homem, que, nesta terra miserável, 
Mora, entre feras, sente inevitável 
Necessidade de também ser fera.

Toma um fósforo. Acende teu cigarro! 
O beijo, amigo, é a véspera do escarro, 
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa inda pena a tua chaga, 
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!




8.7.15



RECIFE QUENTE - E Sonia Braga está de volta ao cinema brasileiro. Ela se prepara para filmar Aquarius, do cineasta Kléber Mendonça, diretor de um dos melhores filmes brasileiros dos últimos anos, "O som ao redor". 

Veja abaixo um trailer de "O som ao redor". E logo em seguida, do mesmo diretor, uma exibição do curta "Recife Frio", história de ficção científica ao som do frevo e do maracatu. E com uma participação muito especial de Lia de Itamaracá, a diva das cirandas de pernambuco.




5.7.15





















Eu adorava me arrumar toda pra passear na rua, como eu não tinha dinheiro pra pegar táxi eu andava muito de metrô e adorava ver a reação estranha que eu causava nas pessoas. Mas hoje em dia eu não tenho mais esse privilégio porque agora eu já tenho toda a atenção. Quando eu estou andando na rua as pessoas não me vêm como uma pessoa interessante, elas me vêm como a Madonna.

4.7.15




Aqui tem você um conselho que lhe poderá servir para a sua filosofia: não force nunca; seja paciente pescador neste rio do existir. Não force a arte, não force a vida, nem o amor, nem a morte. Deixe que tudo suceda como um fruto maduro que se abre e lança no solo as sementes fecundas. Que não haja em si, no anseio de viver, nenhum gesto que lhe perturbe a vida.

1.7.15


O importante não é vencer todos os dias, mas lutar sempre.

O LIVRO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM – Hoje, 1 de julho, tem início a edição de 2015 da Feira Literária de Parati, popularmente conhecida como FLIP. É a maior feira literária do país, e graças ao sucesso de sua realização, já inspirou diversas outras cidades a realizarem feiras similares. Sem dúvida, a FLIP é um sucesso.  Quem vê pode até achar que o cidadão brasileiro é um grande leitor de livros. Mas, não é bem assim. Um dia antes do início da FLIP o Ministro da Cultura Juca Ferreira conccedeu entrevista em Brasília onde fez um desabafo: “É uma vergonha que cada brasileiro leia apenas 1,7 livro por ano!”. E esse calculo inclui os livros de auto-ajuda. O desabafo do Ministro aconteceu durante a abertura do Seminário Internacional que tem por objetivo tabelar o preço dos livros lançados no Brasil.

É uma pena que o brasileiro leia tão pouco.  Ler um bom livro é algo tão prazeroso, tão dignificante. Mas nem todo mundo teve a oportunidade de descobrir o enorme prazer que existe em ler um livro. Sem falar nos dividendos intelectuais e espirituais  que a leitura nos concede. Eu adoro ler. Se pudesse, tivesse tempo disponível, dedicaria minha vida aos livros. Passaria o dia inteiro lendo um livro atrás do outro.






O SOL É PARA TODOS – Nesse momento estou lendo um clássico da literatura americana, “O sol é para todos”, publicado originalmente em 1960 e que tem uma trajetória toda especial na história da literatura. Foi um sucesso instantâneo desde o lançamento e, até hoje, vende anualmente mais de um milhão de exemplares apenas nos países de língua inglesa, chegando a ganhar o Pulitzer, o maior prêmio literário dos Estados Unidos. E, sobre o livro, há uma curiosidade: a autora, Harper Lee, hoje com 90 anos, jamais escreveu outro livro. “O sol nasceu para todos” é o único livro da sua carreira.

Harper Lee foi grande amiga do escritor Truman Capote. Os dois andavam sempre juntos e ela era sua confidente. No filme “Capote”, sobre os eventos que o levaram a escrever “A sangue-frio”, a personagem Harper Lee é interpretada pela atriz Catherine Keener. Certamente influenciada pela convivência com o escritor, Harper decidiu escrever um livro, sem imaginar que a sua criação iria fazer tanto sucesso. Um sucesso tão grande que parece ter provocado ciumeiras no seu amigo famoso, pois logo depois do lançamento a amizade ficou estremecida, sem nunca mais ter voltado a ser como era antes.  

Agora a Editora José Olympio está mandando para as livrarias uma edição novinha dessa obra-prima que conta uma história que nunca saiu de moda nos Estados Unidos: os conflitos raciais. O livro narra a infância de uma garota, que conta aos leitores as aventuras de sua vida de menina, culminando com um caso que marcou sua vida para sempre: o momento em que seu pai, um advogado idealista, decide defender um rapaz negro acusado injustamente de abusar sexualmente de uma mulher branca, na cidadezinha onde viviam, no estado do Alabama. Os sentimentos da menina, sua admiração pela coragem do pai, sua aversão ao racismo, sua visão ao mesmo tempo crítica e ingênua da sociedade complexa em que vive, envolvem o leitor e tornam o livro fascinante. Obviamente, a história é inspirada na infância da autora.

A adaptação para o cinema, feita logo após o lançamento do livro, resultou num filme bem sucedido, estrelado por Gregory Peck, no papel de Atticus Finch, o advogado que, naqueles tempos nem tão diferentes de hoje, cometeu a heresia de defender um homem negro. Por sua atuação o ator ganhou o Oscar de Melhor Ator de 1962. Recentemente os mil e quinhentos membros do American Film Institute escolheram o advogado Atticus Finch como o maior herói de toda a história do cinema americano. “O sol é para todos”, com sua leitura fácil, sua trama envolvente e seus personagens admiráveis é leitura obrigatória para todos que amam a literatura. E o filme é um clássico do cinema.