4.10.16



PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA 2016 - Em outubro do ano passado publiquei uma lista de escritores brasileiros que mereciam ganhar o Prêmio Nobel de Literatura. Esse ano resolvi apostar nos mesmos dez autores como dignos merecedores desse prêmio que nunca foi agraciado a nenhum brasileiro. Sem dúvida uma grande injustiça. 

O primeiro Nobel de Literatura foi entregue em 1901, ao poeta francês Sully Prudhomme. Desde então, o prêmio foi entregue a escritores dos mais mais diversos lugares do mundo. A Irlanda ganhou com William Butler Yeats, em 1923. O Chile com Gabriela Mistral em 1945. A Inglaterra com Bertrand Russel, em 1950. A Islândia com Halidor Laxness, em 1955. A Rússia com Bóris Pasternak em 1958. Estados Unidos com John Steinbeck em 1962. A Guatemala com Miguel Angel Astúrias em 1967. O Chile com Pablo Neruda em 1971. A Itália com Eugênio Montale em 1975. A Austrália com Patrick White em 1973. A Colombia com Gabriel Garcia Marquez em 1982. O Egito com Naguib Mahfouz em 1988. O Japão com Kenzaburo Oe em 1994. Portugal com José Saramago em 1998. A China com Gao Xingjian em 2.000.  Só para citar alguns exemplos. A literatura de países como França, Estados Unidos, Itália e Espanha foi premiada diversas vezes. O fato é que, em mais de um século de existência, a literatura brasileira nunca foi laureada com o Nobel. 

 
Por que essa desfeita com a literatura brasileira? José Lins do Rêgo, por exemplo, um dos mais brilhantes escritores da língua portuguesa, nasceu em 1901, o ano em que foi entregue o primeiro Nobel. Nelson Rodrigues, Carlos Drummond de Andrade, Ariano Suassuna e José Mauro de Vasconcelos nunca foram sequer cogitados. O nome de Jorge Amado chegou a ser lembrado para o prêmio, por conta do sucesso dos seus livros no exterior. Mesmo assim, não foi premiado. Aliás, Jorge Amado nunca se conformou de não ter recebido o Nobel de literatura. Não só por ele, como escritor, mas pelo Brasil. Ele achava, com razão, que tinha um trabalho que poderia conceder essa láurea ao Brasil. Amado chegou a comentar sobre sua frustração com amigos. Contava, em tom de piada, que o chileno Pablo Neruda só ganhou o Nobel porque ligou para a Academia Sueca que concede a premiação dizendo: "Estou doente, vou morrer ates do fim do ano e vocês não vão me dar o Nobel?", e que por isso foi laureado. Certa vez, em Paris, amigos comuns convidaram Jorge Amado para jantar com Garcia Marquez, que tinha acabado de ser premiado. Garcia Marquez queria muito encontrar Jorge Amado, mas ele se recusou a encontrar o colombiano. 

A literatura brasileira tem muitos escritores que poderiam ser premiados. Veja a seguir uma lista de dez brasileiros que merecem ganhar o Nobel de Literatura de 2016.

1 - Rubem Fonseca
2 - Ruy Castro
3 - Antônio Cícero
4- Tabajara Ruas
5 - Raimundo Carrero
6 - Paulo Coelho
7 - Marcio Souza
8 - Lygia Fagundes Telles
9 - João Gilberto Noll
10-Fernando Santoro

2 comentários:

Edson disse...

Entendo de literatura dez mil vezes menos que você,Miga. Mas Paulo Coelho ganhar Nobel não é exagero, a não ser que se leve em conta a repercussão do nome e da quantidade de livros que ele vende?

Waldir Leite disse...

Eu respeito o Paulo Coelho como escritor. Mas, mesmo quem não o considera um bom autor de romances, deve reconhecer a sua capacidade de comunicação com o público. Ele é best seller em todos os países onde seus livros são lançados. Estados Unidos, França, Emirados Árabes, Argentina, Rússia... Só isso já faz com que ele seja merecedor de ganhar um Nobel.