29.1.15



A MÁ EDUCAÇÃO - No mesmo dia em que a Dilma Rousseff fez o seu primeiro discurso de 2015, Ney Matogrosso deu uma entrevista bombástica à coluna Gente Boa, da jornalista Cleo Guimarães, e botou a boca no trombone. "O governo Dilma armou toda essa roubalheira", bombardeou o cantor, sem papas na língua. Indignado com o cenário político do Brasil ele ainda afirmou: "Mesmo quando eu não quero ver, eu vejo. E esse espetáculo da política está demais. A bomba estourou no colo dela". Matogrosso também cita o mau exemplo que as autoridades oferecem à população. "Os exemplos são os piores possíveis. E isso se reflete na violência policial, no comportamento das pessoas. Se podem matar, eu também posso. Se podem roubar, eu posso também. É esse o raciocínio". 

Essa questão do mau exemplo é, realmente, um capítulo que merece ser estudado com mais atenção. O governo lança o slogan de "Brasil, pátria educadora", e esquece que a educação também é feita de exemplos. Bons exemplos. E o governo não está dando bons exemplos. Pelo contrário. É um governo que não tem condição de ofertar educação a ninguém. Não precisa ser um observador muito atento para perceber, em setores da população, a aceitação do conceito de "se o governo pode roubar, eu também posso". O governo está, praticamente, induzindo o povo a corrupção e a roubalheira.


Nenhum comentário: