27.1.15



“Fui a mulher mais feliz do mundo nestes 26 anos em que estive com ela. Uma grande mulher, inteligente, engraçada, culta, amiga dos amigos, que teve uma vida extraordinária, e que viveu cada segundo como nunca mais. Morreu de mãos dadas comigo. Foi-se o amor da minha vida.” 

 (Adriana Calcanhoto, sobre a morte de sua companheira Suzana de Moraes)


Um comentário:

Patrícia disse...

Bonito e comovente o depoimento dela...deve ser tão bom ter um relacionamento assim, onde alguém faz você ser tão feliz!