12.2.15



BILLY IDOL ATACA NOVAMENTE - O jornal "LA Weekly", a bíblia da cultura pop de Hollywood, chegou às bancas nesta quinta-feira com uma ampla reportagem com o cantor inglês Billy Idol. "Billy Idol está de volta, para lembrar a você quão punk ele é", diz a chamada de capa. Adoro Billy Idol e jamais esqueci o show bacanérrimo que ele fez no Rock In Rio. Cheio de atitude e acompanhado de uma ótima banda, ele cantou todos aqueles hits do seu repertório: Dancing with myself, Eyes without a face, Rebel yell e Sweet sixteen, que durante muitos anos foi a música que tocava na minha secretária eletrônica. Na sua temporada carioca, não perdeu a pose de artista punk, e foi visto chegando ao hotel onde estava hospedado acompanhado de um vistoso travesti.

No final do ano passado o cantor lançou um disco novo "Kings & Queens of the underground", que mostra que ele continua em forma. Idol também lançou uma autobiografia chamada, ora bolas, de "Dancing With Myself". Na entrevista ao jornal o artista garante que ele mesmo escreveu o livro, dividido em três partes que receberam os nomes de Londres, New York  e Los Angeles, as cidades que marcaram sua vida. E também posou para fotos na esquina onde, em 1990, sofreu um grave acidente de moto, em que quase perdeu a perna direita. Por conta do acidente, deixou de participar do filme The Doors, de Oliver Stone. 

Veja o clipe da música Can´t break me down, um dos singles do novo disco...   

Nenhum comentário: