13.9.16


Paulo Zulu foi homenageado na festa dos trinta anos do Shopping Rio sul.






Todas as mulheres querem o Zulu. A Ana Botafogo também...





Paulo Zulu fazendo Luiza Brunet a mulher mais feliz do mundo. Afinal, segundo declaração da própria, ela está há dois anos sem fazer sexo.





Mauricio Mattar, que tem uma boa pegada, sabe fazer uma fã feliz...





O modelo Leandro da Fontoura fez sucesso com as meninas que circulavam pelo shopping.





Zulu... Zulu... Zulu... Belo e gostoso de qualquer ângulo...





Alexandre Sherman, patrono do Racing, time de futebol de praia de Copacabana, bem acompanhado.





Regina Mayall, Jimmy Bastian Pinto, Liége Monteiro e Luiz Fernando Coutinho





Gustavo Tatá e Beth Lago os DJ´s do cercadinho dos vips da festa do Rio Sul.





Alexandra Mackenzie, a musa da festa de aniversário do Shopping Rio Sul.





DECADENCE AVEC ELEGANCE – Alexandra Mackenzie saiu da Blue Man, a elegante loja de roupas onde trabalha no segundo andar do Shopping Rio Sul, pegou uma taça de prosecco com um dos garçons bonitões que distribuíam a bebida aos freqüentadores do shopping e desceu até a metade da escada que ia dar no primeiro andar. Ali entornou a taça num só gole, procurou um lugar estratégico entre as dezenas de pessoas que estavam paradas na escada e, como elas, ficou olhando para o cercadinho lá embaixo onde os vips estavam reunidos. Respirou fundo e sentiu que o Prosecco estava fazendo efeito. Essa já era a quarta taça que bebia e ela estava adorando a festa que ora acontecia no shopping. Afinal, trinta anos não são trinta dias. 

Alexandra nem era nascida quando o Shopping Rio Sul foi inaugurado. Mas agora, durante a festa dos trinta anos, ela se sentia como uma rainha daquele lugar. Elegante, charmosa, classuda, a jovem tinha certeza que era uma das maiores vendedoras de todo o shopping. Nenhuma outra vendedora seria capaz de seduzir e convencer um cliente como Alexandra Mackenzie. Com essa certeza ela sacou seu celular, não para falar com Andy, seu marido neo zelandês, mas para fotografar um bofe. Seu alvo estava logo ali embaixo, cercado de mulheres histéricas e fotógrafos desesperados por um clique definitivo. Sim, ele era muito bonito. Belo como o amanhecer na Praia de Copacabana. Tudo nele reacendia a beleza e masculinidade. Os olhos, a boca, as bochechas, o gesto das mãos quando falava. Com sua objetividade de vendedora bem sucedida, Alexandra Mackenzie mirou no homem e apertou o botão do celular. Logo a imagem do sujeito ficou registrada na tela de seu fone. Ela olhou a foto que tinha feito e sorriu satisfeita. Tinha conseguido clicar o irresistível Paulo Zulu! 

Prosecco, prosecco, prosecco... 

Era no cercadinho do primeiro andar que os poderosos Liége Monteiro e Luiz Fernando Coutinho recebiam os vips convidados para a festa dos trinta anos do Shopping Rio Sul. Jornalistas, fashionistas, modelos, personalidades. Mas a festa extrapolava o cercadinho. Pelos corredores do shopping dezenas de garçons embriagavam a todos que por ali circulavam enquanto vários DJ´s espalhavam músicas por todos os lugares. “Essa festa tá uma loucura”, pensou Alexandra Mackenzie enquanto voltava para sua loja saboreando mais uma taça de prosecco. Logo na entrada da Blue Man a lindinha deu de cara com um cliente que já devia ter bebido muito mais prosecco do que ela. Animado, o homem saiu comprando várias bermudas, sungões e biquines para a mulher e as filhas. “O nosso outono-inverno está um arraso”, dizia Alexandra com um sorriso cativante, enquanto mostrava as incríveis roupas da coleção 2010 da Blue Man. 

Prosecco, prosecco, prosecco... 

Ao mesmo tempo em que Alexandra Mackenzie homenageava o shopping dando um show de vendas, o cercadinho dos vips ficava cada vez animado. Do lado de fora uma multidão de mulheres de várias idades e perfis gritavam por Paulo Zulu, enquanto o modelo posava para fotos com Luiza Brunet. Mauricio Matar circulava com Keiry, sua namorada. O talentoso Rogério Fabiano contava histórias engraçadas sobre sua participação na novela Os Mutantes. Alexandre Sherman, o ator do Zorra Total, conversava com Terezinha Sodré. Marco Rodrigues, Ana Botafogo, Jorge Salomão, Napoleão Lacerda, Geová Rodrigues, Luiz de Freitas e o arquiteto Jimmy Bastian Pinto com a espevitada jet-setter Regina Mayall sacudiam o esqueleto ao som do DJ Gustavo Tatá. Eis que surge no salão o eterno Dzi Croquette Bayard Tonelli, circulando pelo lugar tal uma gazela saltitante. Conversa dali, conversa daqui, eis que uma biba histérica dá um grito bem alto: "Juraaaa? Eu não acredito!" O saltitante Dzi Croquette fez um biquinho, deu uma pinta e afirmou: “Mas todo mundo já sabe disso!” A festa inteira se voltou para o Dzi Croquette. “O que é que todo mundo sabe e só nós não sabemos?”, pareciam dizer aqueles olhos arregalados, ansiosos por uma boa fofoca. O Dzi Croquette fez uma expressão de quem ia fazer um pronunciamento para a nação e deu uma gargalhada. 

Prosecco, prosecco, prosecco... 

O cliente de Alexandra Mackenzie saiu da Blue Man cheio de sacolas e tropeçando nas próprias pernas graças ao efeito do prosecco. Mesmo assim ela ainda fez questão de fazer um último brinde com o cliente, afinal era aniversário do shopping e a data devia ser comemorada em grande estilo. Satisfeita com a venda, La Mackenzie dançou um pouco ao som do DJ Zeca Veloso que animava a pista de dança do terceiro andar. Depois foi dar mais uma olhada no colírio Paulo Zulu. “Como ele é lindo”, pensou a moça quando o modelo olhou para o alto da escada e sorriu para ela. Enquanto isso o cercadinho fervia. E foi assim, no auge da ferveção, que surgiu a atriz Beth Lago, com a missão de substituir o DJ Gustavo Tatá. “Gentem, mas eu nem sabia que a Beth era DJ”, esnobou uma biba enjoada dessas que se arrastam pelo mundinho fashion. 

Lá do alto da escada Alexandra Mackenzie reconheceu Beth Lago, deu um gole na sua taça e perguntou para uma senhora que estava ali do lado: “Ela é gorda assim mesmo ou é impressão minha?” Nesse momento a atriz assumiu as picapes no lugar do Gustavo Tatá, que estava arrasando na discotecagem. A primeira música que Beth Lago tocou foi Groove is in the heart, sucesso dos anos 80 do grupo Dee Lite. Os fashionistas se entreolharam. Um ar tenso, porém dançável, tomou conta do ambiente. Depois Beth emendou com Kiss, do Prince. Em seguida rolou Bee Gees e Maniac, da trilha do filme Flashdance. O fato é que a divina Beth Lago incendiou a festa com uma seleção de clássicos das pistas de dança. A animação do povo não impediu que uma biba fashionista desse uma alfinetada de inveja: “A Beth só toca músicas da geração dela...” 

Veneno, veneno, veneno... 

A verdade é uma só: foi animadíssima a comemoração dos trinta anos do Shopping Rio Sul!

(Postagem publicada originalmente em 19 de abril de 2010)

Nenhum comentário: