7.5.17









COMO NUM FILME DE SERGIO LEONE – O guitarrista Sergio Diab é um artista criativo e original. Um músico excepcional que tem domínio absoluto sobre o seu instrumento. Ele está lançando um novo CD, chamado “Siempre True, Siempre Blue”, todo dedicado à música instrumental. Um trabalho repleto de lindas canções. Os arranjos são de uma beleza inebriante. Os acordes tocam fundo desde a primeira audição. E a gente fica querendo ouvir aquele som para todo o sempre.

Sergio Diab concebeu seu disco como se fosse a trilha sonora de um filme imaginário. Um faroeste. Um filme de cowboy. Um bang-bang. E ao ouvir as músicas conseguimos visualizar a história. Um forasteiro chegando a uma cidade desconhecida cuja população vive sob a tirania de um vilão cruel. Depois de se envolver com Soledade, uma linda jovem que estava prestes a ser violentada pelo capataz do vilão, o forasteiro solitário percebe que só ele será capaz de livrar o povoado da tirania dos bandidos. Duelos, tiroteios, diálogos cortantes, cenas de tensão no saloon, beijos apaixonados, juras de amor eterno e um final surpreendente. A guitarra sorrateira e travessa de Sergio Diab nos transporta ao mundo fascinante dos antigos filmes de cowboy. É possível  até perceber a influência do maestro Ennio Morricone em alguns trechos da trilha sonora imaginária.

O disco abre com uma canção que tem o sugestivo nome de “Spaghetti”. É ela que nos introduz ao mundo dos saloons, do revolver na cintura, dos chapéus de vaqueiro, dos cavalos a galope e  das botas com espora. Em seguida vem músicas como “Forastero”, “Justiciero”, “Cabronita”, "Siempre true, siempre blue" e “El Gambazon”, entre outras. Todas executadas e produzidas com beleza, maestria e sensibilidade artística. Como se fossem seqüências cinematográficas dirigidas com requinte por cineastas como Sergio Leone, Jonh Ford ou Bernardo Bertolucci.  

Para quem não está ligando o nome a pessoa Sergio Diab, é o produtor e arranjador dos shows e discos do cantor Toni Platão. Os geniais e talentosos sempre se atraem. No meio musical ele também é conhecido como “Stratoman”, por conta da sua paixão pela guitarra Stratocaster. É um músico de prestígio entre seus pares. Tanto que as canções “Spaghetti” e “Forastero” foram produzidas pelo seu colega americano Richard Bennet, que toca com feras como Mark Knopfler e Neil Diamond.


“Siempre True, Siempre Blue” é um trabalho de grande valor artístico. Traz a música instrumental para um patamar de grande arte, num momento em que esse estilo musical parecia estar fora de moda. O CD de Sergio Diab injeta vida, frescor e paixão a música instrumental. E faz uma comovente declaração de amor a guitarra como instrumento musical. Um disco inspirador que vai tocar o coração de todos aqueles que curtem a boa música.    

Nenhum comentário: