17.3.08




O caráter é a fisionomia moral do homem.


São as águas de março fechando o verão... A chuva torrencial que caiu no último fim de semana parecia querer ratificar os versos de Tom Jobim. Foi quase um dilúvio o que aconteceu no último fim de semana do verão 2008. Mas ninguém pense que o verão ficou menos quente por causa da chuva. Muito mais do que o toró, o que marcou o último fim de semana do verão foi a festa de inauguração da boate Pachá, em Búzios. Cerca de 1.200 pessoas lotaram o espaçoso nigh-clube que chegou para deixar ainda mais agitado o charmoso balneário carioca.

“Búzios estava precisando de algo assim. Algo que abalasse as estruturas da cidade. E eu acho que a Pachá chegou com essa função”, disse o Secretário de Turismo Armando Ehrenfreund. Todos os elementos que fazem o sucesso de uma festa estiveram presentes na inauguração: pessoas interessantes, divertidas, gente bonita, alto astral, bebida farta, comidinhas e um ambiente agradável e descontraído. Havia tudo isso e muito mais na balada.

A Pachá Búzios é um empreendimento dos jovens empresários Mário Bulhões Pedreira e Benjamin Ramalho. Produtores de eventos de moda, shows e festas, os rapazes se associaram para realizar um sonho comum: ter o seu próprio clube. “Queríamos um lugar sofisticado, moderno e internacional. Por isso fomos buscar o know-how da Pacha, que é uma rede internacional de night-clubes, de origem espanhola”, disse Mário Bulhões a um grupo de jornalistas, antes do início da festa.

O Clube Pacha está localizado na Rua das Pedras, em frente à loja Sandpiper. No térreo fica a Sweet Pacha, um lounge com bar e restaurante. No subsolo a boate propriamente dita, uma imensa pista de dança, com áreas vips, dois bares e uma potente mesa de som. A parede que dá para o mar é toda de vidro e quem está dentro da casa tem direito a uma bela vista da praia da Armação.

Na noite de inauguração Benjamin e Mario apresentaram várias atrações. Um grupo de cinco garotas bonitas circulavam pela casa carregando, cada um delas, uma letra que juntas formavam o nome da boate. Depois, garotas seminuas dançavam sensualmente em cima de plataformas colocadas na pista de dança, deixando os bofes atacados. Depois uma queima de fogos na praia surpreendeu a todos, que puderam ver o espetáculo direto da pista de dança.

Personagens de Búzios como o surfista , dono do Bar do Zé, foram prestigiar a festa. Assim como a socialite Renata Deschamps e o Secretário de Turismo Armando Ehrenfreund. Muitos cariocas saíram do Rio apenas para a inauguração da boate, como os empresários Napoleão Fonyat, dono da Sandpiper e Cidinho Pereira, dono da Bum Bum. A atriz Bárbara Borges esteve por lá, assim como Duda Nagle, Alexia Deschamps e o bonitão Nelsinho Tanure, filho do dono do JB.

Daniel Aguiar, o ator que interpreta Vlado, o vampiro da novela Caminhos do Coração, fez sucesso com o público feminino. Animando a festa o DJ francês Dacat, que já tocou em Ibiza, se mudou para Búzios e vai ser o DJ residente do Clube. O espanhol Juan Dias, residente do Clube Pachá de Ibiza, foi o DJ convidado da noite de abertura.


6.3.08





O homem é absurdo por aquilo que busca e grande por aquilo que encontra.


PASTOR KAKÁ NA VOGUE RG – Ficaram incríveis as fotos do jogador Kaká na edição de Março da revista VOGUE RG que está nas bancas. O atleta do Milan botou a maior banca de modelo. As roupas são de Giorgio Armani e não é preciso dizer mais nada. Enrico Maria Volonté caprichou no styling. Botou um topete no jogador digno dos bons tempos de Elvis Presley. Numa das fotos ele aparece com uma ousada camisa de malha que deixa os ombros de fora. É o tipo de roupa que exige que o sujeito seja muito macho para usá-la. Noutra foto ele usa um cardigã de tirar o fôlego. O fato é que Kaká se saiu muito bem como modelo e valorizou as fotos de Emilio Tini e Mariano Vivanco, feitas em Milão.

Hermès Galvão, o editor da revista, queria alguém com um texto muito especial para escrever o perfil do atleta. E encomendou a matéria sobre o jogador ao dono desse blog. A primeira coisa que eu fiz foi entrevistar André, um jogador de futebol de praia de Copacabana e pedi que ele me contasse tudo sobre o Kaká. André é um sujeito que sabe tudo sobre futebol. Os times, os jogadores, as trajetórias dos artilheiros, os bastidores, as fofocas, etc. Quando eu lhe disse que ia entrevistar o atleta do Milan e da Seleção Brasileira ele me fez uma sugestão. “Pergunta o que ele acha dos casos de corrupção no futebol italiano”, sugeriu ele com um sorriso irônico.

Foi no sábado após o carnaval que eu liguei para Milão e bati um longo papo com Kaká. Ele foi um bom entrevistado e soube driblar as perguntas mais maldosas. Mas não fugiu da raia quando eu perguntei sobre os casos de corrupção no futebol italiano. No episódio o Milan, seu time, foi envolvido num rumoroso caso de manipulação de resultados. “Minha posição com relação a isso é de repúdio. Eu só entro em campo para ganhar”, me disse ele com firmeza na voz. Quando perguntei como era sua relação com Silvio Berluscone, o polêmico presidente do Milan, Kaká respondeu que era uma relação cordial. “O Berluscone sempre vai cumprimentar os jogadores no vestiário depois das partidas”, disse.

Kaká, de um jeito muito educado e gentil, se recusou a responder perguntas sobre sua relação com os bispos da Igreja Renascer. Sua voz me pareceu desconfortável quando falamos no assunto. Em compensação ele não economizou palavras na hora de falar do estilista Giorgio Armani, para quem, há quatro anos, trabalha como modelo. “O Armani é um amigo”, contou Kaká que costuma frequentar o Nobu, o restaurante japonês que fica dentro da loja do estilista em Milão.

Kaká se mostra muito à vontade quando fala de Milão, cidade que é o centro da indústria da moda italiana. O atleta foi a personalidade mais fotografada na primeira fila do desfile da coleção de Armani na Semana da Moda de Milão. “Aqui é perto de Florença, Roma, Veneza e Paris. Sempre que tenho uma folga viajo com minha mulher para uma dessas cidades”, disse. Sua voz ficou emocionada quando falou dos sentimentos novos que está descobrindo desde que soube que vai ser pai.

O momento mais “saia-justa” do nosso bate-papo foi quando eu perguntei se ele tinha ficado chateado pelo fato da revista G-Magazine ter publicado um ensaio onde o modelo Lucas Pugliese, que é muito parecido com o atleta, aparece nu. “Não me aborreci, nem fiquei chateado com o ensaio da G-Magazine. Mas aquilo é algo que não me diz respeito”, disse o craque do Milan. E quando perguntei o que ele achava dos gays ele fez uma pausa e respondeu com uma questão: posso pular essa pergunta?

A Bíblia e a religião também foram temas de nossa conversa. À vontade com o assunto, o atleta contou que já leu a Bíblia três vezes, do principio ao fim. Afirmou que não é um fanático religioso. “Sou apenas um homem que cultiva os valores bíblicos”. E disse que não doou o prêmio de melhor jogador do mundo para a igreja Renascer. “Eu apenas fiz uma oferta para Deus em agradecimento a uma graça alcançada”, argumentou.

David Beckham também foi assunto da nossa conversa. Quando o inglês esteve no Rio Grande do Norte para lançar um projeto imobiliário disse que Kaká havia merecido ganhar o troféu de melhor jogador do ano da Fifa. “Kaká é melhor jogador e é mais bonito do que eu”. Eu perguntei ao Kaká o que ele tinha achado dessa declaração. Foi o momento em que ele me pareceu mais descontraído. Rindo muito ele me devolveu a pergunta. “Ele disse isso mesmo? Que eu sou mais bonito do que ele?” Deu uma gargalhada, demonstrando estar se divertindo e respondeu com a voz firme ainda em meio ao sorriso: “Eu discordo do que ele disse. O Beckham é muito mais bonito do que o Kaká”, afirmou.

No meio da conversa Kaká me perguntou como tinham ficado as fotos que ele havia feito para a revista. Eu disse que tinham ficado muito boas, que ele estava cheio de estilo nas fotos. E ele me pareceu curioso para ver o resultado. “Quando é que sai a revista? Quero ver como ficaram as fotos”, disse o bom moço do futebol internacional. Espero que ele goste do texto. No final da nossa conversa eu pedi para ele fazer uma citação da Bíblia, especialmente para os leitores da revista. Ele citou o Salmo 37, versículo 4. Quer saber o que diz? Compre a VOGUE RG...