14.1.13



BELÍSSIMA - Sonia Braga postou essa foto no seu perfil do Facebook. Desde sempre ela tem um caso de amor com a máquina fotográfica. Não é? Uma imagem que merece ser muito compartilhada. Como pode ser tão linda?

 

O REI DO RINGUE - Jornalista que acompanha o mundo do MMA desde 1992, Marcelo Alonso, socio do PVT e apresentador do canal Combate, lança o livro “Do Vale-Tudo ao MMA – 100 anos de luta”. A obra, produzida pela editora PVT e que teve o canal Combate como grande parceiro, foi feita em conjunto com o jornalista japonês Susumu Nagão. Será lançada no dia 17 de janeiro, na livraria FNAC Pinheiros, em São Paulo, a dois dias do UFC São Paulo, que será realizado no ginásio do Ibirapuera. Já o evento de lançamento no Rio de Janeiro está programado para a FNAC do Barra Shopping, no dia 22, a partir das 19h30min. Em ambos é aguardada a presença de algumas das grandes personalidades do mundo das lutas.

“O livro procura resgatar, mesclando mais de 100 imagens marcantes e um texto conciso , os 10 capítulos mais importantes da história do MMA. Conta com imagens desde o encontro do japonês Conde Koma com os irmãos Gracie, que marcou o início do jiu-jitsu brasileiro, e as lutas de Helio e Carlson Gracie, o pontapé inicial para o que hoje chamamos de MMA. Vai deste ponto à consagração do esporte através de ídolos como Royce Gracie, Rodrigo Minotauro e Anderson Silva, entre outros, além de acompanhar desde os primeiros momentos o crescimento de organizações como o UFC”, comenta Marcelo Alonso.

Com 150 páginas e capa dura, o livro é resultado de um meticuloso trabalho de pesquisa contando com registros históricos do início do século passado. Além das fotografias dos próprios autores Marcelo Alonso e Susumu Nag a o, “Do Vale-Tudo ao MMA – 100 anos de luta” traz fotos recuperadas através de pesquisas e imagens inéditas de fotógrafos como Ricardo Azoury eRoberto Price, de eventos emblemáticos como o Vale-Tudo do Grajaú (jiu-jitsu vs luta livre), em 1991, e os combates no Maracanãzinho, em 1984. "O mais interessante deste livro é o resgate da história deste esporte. Nunca podemos esquecer dos grandes lutadores que começaram com tudo isso muito antes da consagração mundial. O fato de ser escrito em português e inglês vai permitir que fãs do mundo inteiro conheçam todos os principais personagens de cada era, não só aqueles que são consagrados hoje mundialmente"

Nas duas cerimônias, tanto no Rio como em São Paulo, Nagao e Alonso, além de assinarem os livros, vão fazer uma projeção com mais de 300 slides. Os dois eventos serão abertos ao público.

3.1.13






DIAS INCRÍVEIS 

2.1.13



UMA LÁGRIMA PARA SIMON LANE – Morreu o escritor inglês Simon Lane, autor dos livros “Noite em Pigalle” e “Boca a Boca”, publicados no Brasil pela Editora Record. Simon, que tem um irmão gêmeo idêntico, morou muito tempo no Rio, já que era casado com Betsy Monteiro de Carvalho. Eu o conheci em 2005, por ocasião do lançamento do seu livro “Noite em Pigalle”. Na época a minha editora Hildegard Angel me pediu fazer uma reportagem sobre ele para o Caderno H. Era um sujeito adorável. Super bem humorado. Poderia ter sido um humorista, já que demonstrava grande prazer em fazer as pessoas sorrirem.  Antes da entrevista li seu livro “Boca a Boca” e isso criou uma cumplicidade entre nós durante a nossa conversa. O livro conta uma história, ambientada em Paris, de uma empregada que mata o patrão acidentalmente. Desesperada, ela coloca-o numa lixeira e fica rodando pela cidade, em busca de um lugar para se livrar do corpo. Nesse processo, uma série de acontecimentos fazem do livro uma história que mistura o suspense e o humor. Quando lhe pedi para autografar o livro, Simon escreveu, mantendo na escrita o sotaque inglês do falar:

“Para Waldir, obrigado pela interesse que você mostrou em “Boca a Boca”! Eu falo demais; a coisa mais importante é de escriver! Abraços, Simon. 1.Set.2005”. 

Depois dessa ocasião nos encontramos várias vezes em eventos sociais. Ele sempre muito simpático ao lado da sua Betsy, por quem parecia muito apaixonado. Em 2007, quando lançou seu segundo livro no Brasil, ele me ligou e disse que gostaria muito de ter a minha presença na noite de autógrafos. Lembro que foi uma noite muito divertida. Escrevi sobre o lançamento aqui no blog:


Ele fez uma entrada triunfal na livraria Argumento. Chegou acompanhado do irmão gêmeo, que veio de Londres especialmente para o lançamento. Os dois usando o mesmo figurino, provocando confusão nos convidados, que não sabiam direito quem era o verdadeiro Simon.  Foi um prazer muito grande tê-lo conhecido. 

Descanse em paz, Simon!