31.5.02

O jornalista e deejay Tom Leão aderiu ao universo blogger. Os fãs do moderno rapaz podem manter maiores contatos com ele visitando o seu blog Na Cova do Leão .
# = # = # = Não existe solidão maior do que a solidão de um samurai. Talvez apenas a solidão de um tigre na floresta. # = # = #



O lendário lutador Rickson Gracie se prepara para voltar ao ringue. Ele estuda propostas de empresários japoneses para participar dos milionários torneios de Vale Tudo no Japão. Enquanto isso o belo samurai curte o sucesso no cinema, depois de ter participado do último filme do badalado fotógrafo americano Bruce Weber. No filme Chop Suey Rickson Gracie divide a cena com Diana Vreeland, Frances Faye, Peter Jonhson e Robert Mitchum.
Esta não é a primeira vez que Rickson Gracie e Bruce Weber trabalham juntos. Em 1984 Bruce Weber esteve no Rio de Janeiro e fotografou o então jovem lutador Rickson Gracie ao lado dos filhos pequenos na praia de Copacabana. As fotos foram imortalizadas no livro Copacabana, que o fotógrafo lançou em 1985.

30.5.02

Mario Lago morreu. Quando ele completou noventa anos, há algumas semanas atrás, foi feita uma grande festa em frente ao edifício em que morava, no Posto Seis. Os vizinhos fecharam parte da rua e houve uma banda de música que tocava suas composições. Parentes e amigos faziam discurso. E todo mundo ia beber chope no bar em frente. A festa foi super animada e eu ficava observando o velhinho todo feliz, curtindo os amigos, vizinhos e familiares. Noventa anos! Uma idade fantástica! Que vitória para um ser humano! Sobreviver a noventa anos de vida! Eu olhava para Mario Lago aos noventa e me lembrava da minha infância, quando o via na novela O Sheik de Agadir, fazendo o nazista Otto, um vilão terrível que assustava o espectador.
Na sua festa de noventa anos eu encontrei toda a galera do Posto Seis. André, Robson, PC, Cacá, Binho, Goiaba, Pernil, Dudu, Júnior. O Posto Seis em peso estava lá.Minha querida amiga Andrea Lago, neta do Mario Lago, recebia a todos com sua energia e seu bom humor. Sr. Soares, pai do Robson, me disse que conhecia o Mario Lago há mais de trinta anos. Todo mundo bebendo muito chope. Celebrando a vida, que de tão bela merecia ser eterna. RIP
Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.

Os 10 Livros Mais Queridos da Minha Biblioteca:

1 - Tribunal de Honra..........................(Dominique Fernandez)
2 - Aguas Profundas........................ (Patricia Highsmith)
3 - Glamorama.................................. (Brett Easton Ellis)
4 - A Fogueira das Vaidades ..............(Tom Wolfe)
5 - Histórias de Uma Cidade............... (Armistead Maupin)
6 - O Rei dos Paus............................ (Ewelson Soares Pinto)
7 - O Anjo Pornográfico...................... (Ruy Castro)
8 - Menino de Engenho.................... (José Lins do Rêgo)
9 - Bom Dia Tristeza ......................... (Françoise Sagan)
10- O Meu Pé de Laranja Lima.............(José Mauro de Vasconcelos)

28.5.02

******Não é o gênio que está um século à frente de seu tempo. É a humanidade que está cem anos atrás dele.*****

26.5.02

A Poesia de Jorge Benjor


Chove chuva, chove sem parar *
Chove chuva, chove sem parar *
Pois eu vou fazer uma prece *
Pra Deus, Nosso Senhor *
Pra chuva parar de molhar *
O meu divino amor *
Que é muito lindo *
É mais que o infinito *
É puro e é belo *
Inocente como a flor *
Por favor, chuva ruim *
Não molhe mais o meu amor assim *
Por favor, chuva ruim *
Não molhe mais o meu amor assim *

O show do ano!!! Assim é o acústico MTV de Jorge Benjor , que foi exibido este final de semana. Os grandes sucessos de Benjor, clássicos incontestáveis da música brasileira, foram apresentados com seus arranjos originais, valorizados pelo acréscimo de uma orquestra de cordas e pelo suingue de músicos competentes. Do fantástico pianista, ao vibrante naipe de metais, passando pelo grupo de percussionistas, e o inevitável duelo entre o baixo e a guitarra, sem esquecer o auxílio luxuosíssimo dos Golden Boys nos vocais, todos transbordando brasilidade na sua música. Benjor, sempre um visionário, parecia consciente de que os clássicos devem ser tocados como clássicos.



Poucas vezes uma música mereceu tanto o cognome de “brasileira” como a música de Jorge Benjor. O acústico MTV apenas reafirmou o seu nome como o maior da música brasileira. Mais do que Tom Jobim, Caetano Veloso, João Gilberto ou Roberto Carlos. A perfeição, em temos de música brasileira, encontra-se nos ritmos mulatos das canções de Benjor.

Além da música, propriamente dita, o que empolga na obra de Benjor são as letras. Ele é o maior letrista da música brasileira O próprio Caetano Veloso já afirmou isso várias vezes. Suas letras têm um misto de pureza e ingenuidade só encontrada nos mais profundos provérbios chineses ou no mais sofisticado pensamento filosófico.

O acústico MTV foi um verdadeiro presente aos telespectadores. A MTV ofereceu biscoitos finos para as massas. Além do especial propriamente dito a emissora apresentou um super retrospecto da carreira dele com clipes, entrevistas e cenas de outros programas. Nota 10, como diria Patrícia Kogut.

Este fim de semana as rádios não pararam de tocar trechos do CD gravado ao vivo durante o show. Nesse momento, quando o seu disco ÁFRICA BRASIL foi escolhido pela revista Rolling Stone um dos cinqüenta melhores discos já gravados em todo o mundo, o lançamento deste CD duplo, é quase uma celebração ao talento e a força da música brasileira.





Existe uma lenda nos bastidores da música brasileira de que Jorge Benjor teria tido um affair com Brigitte Bardot , nos anos 70, durante uma temporada de shows na França. Benjor não confirma o fato, até por que ele sempre foi muito bem casado.
Agora, enquanto Benjor lança o seu cultuado CD Brigitte Bardot volta as telas de cinema no Brasil. O Desprezo, de Jean Luc Godard, é uma rara oportunidade de assistir um dos maiores fenômenos cinematográficos em tela grande. A última vez que foi exibido um filme de BB nos cinemas foi há vinte e cinco anos atrás. Portanto, é imperdível essa oportunidade de ver a maior diva do cinema francês projetada numa tela de cinema. Até porque, é raro encontrar filmes de Brigitte Bardot mesmo nos videoclubes. Logo ela que foi o maior mito do cinema francês, a Madonna dos anos 60, um dos maiores símbolos sexuais do século vinte. A estrela máxima em filmes como “Viva Maria”, “Vida Privada”, “O Urso e a Boneca” e “ E Deus Criou a Mulher”.

24.5.02




Para Jorge Benjor e a Banda do Zé Pretinho
Jamais se desespere em meio às mais sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda.

Provérbio chinês



23.5.02

A fatalidade chega de manhã quando o destino ainda está dormindo.
Vinte e Quatro Horas na Vida de Uma Mulher, de Stefan Zweig, é um livro denso e apaixonante. A narrativa e o clima nos remete a um daqueles filmes do James Ivory. Há um clima de elegância, sofisticação e aristocracia. A história se passa em um hotel sofisticado na Europa. Durante um chá das cinco, uma senhora escuta comentários escandalizados sobre uma hóspede que abandonou o marido e fugiu com outro homem. As pessoas à sua volta parecem chocadas com o fato. Então essa senhora começa a relembrar um fato de sua vida, quando ainda jovem, por vinte e quatro horas, abandonou tudo, familia, valores, posição social, por causa de um rapaz. Mas um fato surpreendente faz com que ela volte atrás, um dia depois. Quando li o livro fiquei encantado com a literatura. Senti que eu tinha acabado de saborear uma obra prima. Eu tinha acabado de degustar um fruto raro e mágico. E me senti um privilegiado por isso.
Chove no Rio de Janeiro A água da chuva escorre sem parar por sobre Ipanema * A praia está vazia, o mar revolto, o vento frio e indócil * As gotas de chuva parecem lágrimas de saudade de Cris Aspesi, que foi levar o seu sotaque gaúcho para passear em Porto Alegre * * *
Chove sem parar no Rio de Janeiro O mar está de ressaca e as previsões são de ondas de até quatro metros. O mar revolto me fascina e encanta. A cidade é bonita mesmo quando cinza e chuvosa. Gosto da água da chuva caindo sobre a cidade, lavando as ruas e as calçadas, deixando tudo tão limpo. A água regando as árvores que dão vida as ruas. O tempo frio guardando as pessoas dentro de suas casa. Uma cama, um edredon, um livro, um vinho, um baseado, um filme na tv. E um corpo quente para ser amado.
A inteligência da natureza opera pela lei do mínimo esforço. Sem ansiedade. Com harmonia e amor. E quando utilizamos as forças da harmonia, da alegria, do amor, atraímos sucesso e boa sorte facilmente.

22.5.02

O Presidente Fernando Henrique Cardoso declara hoje aos jornais que o Brasil pode virar uma Argentina se o próximo presidente não for um bom administrador. O cinismo de FHC não tem limites. Primeiro que, a partir de sua declaração, deduz-se que ELE se considera um bom administrador. Bullshit!, como diriam os americanos. Segundo, que essa declaração soa como uma ameaça. Ele quer assustar o eleitor para forçar os incautos a votar no candidato dele. Ou melhor, FHC está preparando terreno para ele mesmo se lançar como candidato.
Nos grandes romances policiais, no momento em que ocorre um crime, a primeira coisa que o detetive pensa antes de começar a investigação é: "quem ganhou com esse crime?" ou "a quem interessa esse crime?" Se fizermos essas perguntas com relação aos ataques de 11 de setembro a resposta seria exatamente uma: George W Bush! A pessoa que mais lucrou com os ataques terroristas foi ele. Ele ganhou poder, prestigio, dinheiro... Por conta dos ataques o congresso americano liberou cerca de 40 bilhões de dólares para o governo usar como quiser, no combate ao terrorismo. Se levarmos em conta que o pai do presidente americano é lobista da indústria bélica, chegamos a resposta da pergunta: A quem interessaria os ataques terroristas de 11 de Setembro?
Um luxo a versão para o cinema do Homem Aranha. Eu sempre tive um carinho especial por esse super herói por causa do desenho animado que eu via quando criança. Os efeitos do filme são bem legais. As sequências dele pulando de um prédio para o outro pendurado nas teias são muito bem realizados. É incrível o que a tecnologia digital pode fazer pelo cinema. É como se o cinema tivesse sido reinventado.

21.5.02

Amor é bicho instruído

Amor é bicho instruído
Olha: o amor pulou o muro
o amor subiu na árvore
em tempo de se estrepar.
Pronto, o amor se estrepou.
Daqui estou vendo o sangue
que escorre do corpo andrógino.
Essa ferida, meu bem
às vezes não sara nunca
às vezes sara amanhã.

carlos drummond de andrade

Na juventude deve-se acumular o saber, na velhice, fazer uso dele.
Sêneca



18.5.02

Domingo à noite foi aniversário de Augusto, craque do futebol de praia de Copacabana, artilheiro do Força & Saúde, time de jovens galãs da rua República do Peru. A comemoração foi no Esporte-Gol! com muita cerveja gelada e doses e mais doses de uisque. Os craques da areia estavam todos lá. Alexandre Valois, Jorge, Diguinho, Pica-pau, Cabeção, Rumenige, Barata, etc... Mas quem brilhava no meio da multidão era Augusto. No dicionário a palavra “augusto” significa majestoso, magnífico, respeitável, elevado, solene. Augusto é tudo isso. Sua beleza é tão celestial que nas areias de Copacabana ele é conhecido como anjinho. No meio da festa, já meio bêbado de algumas doses de uísque, ele me deu um abraço carinhoso e disse no meu ouvido “que se amarrava na minha” e “que se alguém criasse caso comigo estaria criando caso com ele”. Aquilo me encheu de felicidade. Na pista de dança o deejay misturava todos os estilos de música, enquanto vários baseados circulavam de mão em mão. Três rapazes faziam coreografias sensuais em cima de um palco. Andréa Lago, Juliana, Michele, Carla e Cláudia dançavam animadas.
Estava no banheiro, quando chegou alguém e começou a usar o banheiro ao meu lado. Quando olhei vi que era o Romário. Na mesma hora eu pensei: “Como eu tenho sorte na vida!” Então eu disse para ele que odiava o Felipão e o craque do Vasco deu uma risada simpática. Logo outros torcedores começaram a xingar o técnico da seleção, em solidariedade ao craque injustiçado. Depois disso voltei a pista de dança e estava tocando “Baba” para alegria de todos que a essa altura da festa já estavam para lá de Teerã... No final da noite fomos todos para a Urca, fumar um último baseado admirando a beleza serena da baía da Guanabara. O mar refletindo as luzes da cidade... Os barcos se movimentando calmamente ao longe... A calma da madrugada tranqüilizando nossos corações... O Cristo Redentor iluminado lá no alto parecia desejar feliz aniversário ao doce e belo Augusto.











George W Bush sabia dos atentados de 11 de Setembro. Eu sempre desconfiei disso. Acho inclusive que a Casa Branca não só sabia, como estimulou os atentados. O motivo? Dinheiro... Dólares, muito dólares. Não podemos esquecer que, logo após aos atentados, o Congresso liberou Us$ 40 bilhões de dólares para a Casa Branca usar no combate ao terrorismo. Ou seja, gastando com a indústria bélica. Não podemos esquecer que o pai do presidente americano, George Bush é lobista da indústria bélica. Os fabricantes de armas investiram dinheiro da campanha presidencial americana. Depois de eleito o presidente tinha a obrigação de retribuir a corporação que o apoiou. Elementar meu caro Watson! O que me parece é que a nação mais poderosa do planeta está sendo governada por um grupo mafioso muito perigoso. Capaz de permitir que o próprio país seja violentamente bombardeado, apenas para defender interesses econômicos escusos. Ou seja, tudo por dinheiro. Eu sempre achei estranho que, no dia 11 de setembro, quando Nova York e Washington estavam sendo atacadas, o presidente estivesse em Miami. Será que foi coincidência ou George W Bush sabia que algo ia acontecer naquele dia?


17.5.02

Um sucesso a noite de autógrafos do livro Deve Ser Bom Ser Você de Sidney Rezende. Todo o pessoal do jornalismo da TV Globo e da Globonews marcaram presença. Uma fila imensa de gente aguardando um autógrafo. Rita Fonseca, cada vez mais bela. O lutador e advogado Inácio Aragão. Jovita Belfort mãe do lutador Vitor Belfort. E para coroar a noite a presença simpática da governadora Benedita da Silva, que recebeu uma saudação carinhosa do jornalista. A governadora queria entrar na fila, para aguardar a sua vez de pedir o autógrafo, mas todos fizeram questão de dar a vez a ela, que foi aplaudida após ser saudada por Mr. Rezende.
O evento foi um luxo!!!

14.5.02

Cíntia Howlett-Martin desfila sua lânguidez nas páginas da revista Trip. A bela carioca ilumina as fotos com sua figura sexy e misteriosa. Certa vez eu a ví pedalando na ciclovia. Uma blusa preta e óculos escuros. Sua beleza me causou um certo impacto. Desde Audrey Hepburn eu nunca tinha visto ninguém usando óculos escuros com tanto glamour.

11.5.02

Como Fernando Henrique é falso! Ele está louco para se candidatar a reeleição e fica fingindo que acha a idéia um absurdo. Quem FHC pensa que engana? Vaidoso como um narciso, ele não vê a hora de subir a rampa do planalto uma terceira vez, agora como o salvador da pátria, a única opção para não entregar o Brasil a esquerda. Na verdade FHC não quer é o rodízio de poder. Até porque Lula é mais direita até do que a própria direita.

9.5.02

L.A. Weekly é um jornal semanal publicado em Los Angeles e que é distribuido gratuitamente nos supermercados, lojas de discos, bares e restaurantes da cidade. O L.A.Weekly privilegia o noticiário cultural e publica artigos enormes sobre artes e espetáculos, livros e comportamento. Além disso tem o roteiro mais eficiente da programação cultural da cidade. Quando eu morava em Los Angeles simplesmente amava ler o L.A.Weekly. Eu gostava de sentar num bar em frente a praia de Venice Beach e ficava lendo sobre os últimos lançamentos do cinema e sobre os bastidores de Hollywood. Mais Mulholland Drive impossível!Por isso fiz questão de ter no meu blog um link com o LA Weekly. É só clicar ao lado e o maravilhoso universo de Mulholland Drive virá até você.

6.5.02

Domingo à tarde a praia do Arpoador parece mais iluminada e feliz. É que Cíntia Hewlet-Martin deu o ar de sua graça. Linda como uma estrela da nouvelle vague, seu sorriso tem o mesmo impacto que o pôr do sol. Seus olhos são um poço de mistérios. E os seus cabelos longos soltos ao vento dão poesia à sua feminilidade. Todas as mulheres deveriam usar cabelos longos...

5.5.02

Abril Despedaçado é um filme absolutamente lindo. A coisa que eu mais curto no cineasta Walter Salles é que ele não fica devendo nada aos grandes nomes do cinema internacional. Eu não teria o menor receio de coloca-lo no mesmo panteão de David Lynch, Frank Capra ou Bernardo Bertolucci. O filme é bastante ousado no sentido cinematográfico. As imagens é que sugerem as emoções e os sentimentos, mais do que o roteiro, os diálogos ou a história do filme. Eu não estaria exagerando se dissesse que Abril Despedaçado é tão ousado quanto Mulholand Drive. Ambos oferecem ao público o cinema pelo cinema. Nada mais do que isso.
Sábado à noite recebo um telefonema de minha amiga Graça Motta. “Vamos comer um sushi no Tanaka San?”. No restaurante encontramos um animado grupo que tinha vindo do show da Marina no Canecão. A atriz Mariana Lima, a Antônia da novela Desejos de Mulher. Ela é agradável e bem humorada. Um doce de pessoa. O diretor de teatro Enrique Diaz, Ana Beatriz Nogueira, Denise Bandeira e a artista plástica Niúra. Enquanto bebíamos saquê e degustávamos sushis e sashimis, o grupo comentava sobre o show. Todos tinham adorado as músicas e a performance da cantora. Papo vai, papo vem. De repente quem chega no restaurante? A cantora Marina. Simpática e bem humorada, sentou na nossa mesa e já foi caindo de boca na comida japonesa. “Vocês desculpem mas eu estou morrendo de fome...” Pediu um saquê e disse que o show de sábado tinha sido melhor que o da sexta-feira. Ela estava feliz porque o Canecão tinha estado lotado. “Hoje teve pouco convidado, a platéia era meu público mesmo.” Disse que estava cansada pois estava sem empresário e teve que resolver tudo sozinha. “No show da estréia, quando subi no palco eu não sabia se era empresária, produtora, diretora ou secretária”, disse ela sorrindo, enquanto acariciava a perna da Graça. Depois chegou Karine, uma jovem atriz, bonitinha, que namora o filho de Gilberto Gil. “Eu vim aqui só te dar um beijo, Marina.” A impressão que eu tive é que a jovem Karine veio dar muito mais. A essa altura só estávamos nós no restaurante. Queríamos ficar mais, mas a gerente trouxe a conta sem que pedíssemos e disse que estava na hora de fechar. “Na próxima vez nós vamos para o Sushi Lagoa”, disse a cantora. Nos despedimos em frente ao restaurante e eu e Graça decidimos esticar no Blue Angel, o badalado bar GLS da rua Júlio de Castilhos. Chegamos lá e o lugar estava pegando fogo. A pista de dança fervendo. Bebemos saquê e dançamos “Music”, “Lady Marmalade”, “Taj Mahal” e “It’s feel so good”. Rapazes trocavam beijos ardentes com outros rapazes. E moças trocavam beijos calientes com outras moças. Eu me senti em casa. Letícia Muhana, a toda poderosa diretora do canal GNT estava lá com um animado grupo de garotas. Keka do Acarejé e Lili animavam a pista. O dono do lugar é um sujeito simpático e bem humorado. Um excelente hostess. Afinal, não é qualquer um que consegue manter o bom humor trabalhando até as cinco da manhã. O sábado foi bem animado.